© Márcia Lança
No items found.
No items found.

Quatro criadores propõem a participação num processo criativo: a experiência performática Speed Date, que será criada em conjunto entre participantes do laboratório, atores do Teatrão e habitantes da cidade seleccionados por convocatória. O desafio será o de pensar as práticas de criação a partir de uma dramaturgia e de um dispositivo cénico com a seguinte ideia inicial: não nos conhecemos, ainda não sabemos o que temos em comum ou o que nos diferencia irreconciliavelmente. O que pode surgir deste encontro? Como prever o seu desenlace?

Speed Date propõe que cada participante imagine maneiras de atravessar o espaço que nos separa dos outros. Qualquer procedimento será válido, o que importa é dar-se a conhecer num intervalo de poucos instantes, estabelecer algum tipo de contacto com quem está diante de nós, pensar em perguntas que podem iniciar uma conversa.  Perguntas como portas para lugares que ainda não conhecemos. Quais são as ferramentas possíveis para produzir intimidade? E como se produz a intimidade em tempos de pandemia?

Alex Cassal convidou para este projeto três criadores que transitam entre o teatro, a dança e a performance: a coreógrafa portuguesa Márcia Lança, o encenador brasileiro Renato Linhares e a dramaturga brasileira residente em Portugal, Keli Freitas. Juntos vão imaginar um espectáculo composto de encontros breves e fecundos entre performers e espetadores: Speed Date.

19 e 20 de setembro

16h30-17h00

21 de setembro a 1 de outubro

17h00-21h00

Para saber como participar, clique aqui


Programação partilhada com o Ciclo de Teatro e Artes Performativas Mimesis da Universidade de Coimbra.

Four creators propose participation in a creative process: the performance Speed Date, which will be created jointly by the laboratory participants, actors of Teatrão and inhabitants of the city selected by invitation. The challenge will be to think about creative practices based on dramaturgy and a scenic device with the following initial idea: we don't know each other and nor do we know what we have in common or what sets us apart irreconcilably. What can come of this meeting? How can we predict its outcome?

Speed Date proposes that each participant imagines ways to cross the space that separates us from each other. Any procedure will be valid, what matters is to make yourself known within a few moments, establish some kind of contact with those in front of us and think about questions that can start a conversation. Questions as doors to places we don't know yet. What are the possible tools to produce intimacy? And how does intimacy occur in times of a pandemic?

Alex Cassal invited three creators to this project who move between theatre, dance and performance: the Portuguese choreographer Márcia Lança, the Brazilian director Renato Linhares and the Brazilian playwright residing in Portugal, Keli Freitas. Together they will imagine a show composed of brief and fruitful encounters between performers and spectators: Speed Date.


To find how to participate, click here



Datas
Dates
19 set a 1 out 2020
Preço
Price
Duração
Duration
Faixa etária
Audience
Reservas
Tickets
Outros eventos do/a artista
Other events from the artist

Créditos

Credits